programação - 31 de MARÇO

 

12h00 - ABERTURA

- Aberto ao público.
- Não há inscrições.

Todos os dias em seu gabinete, a promotora pública do Estado de São Paulo Gabriela Manssur, recebe quase 100 novos casos de violência contra mulher. Todos os dias quando sai de casa, a jornalista Gloria Maria recebe um pedido de autógrafo de alguém que se orgulha de ter conhecido a primeira mulher negra a assumir a bancada de um telejornal. Neste dia 31/03, em vez de processos ou autógrafos, Gloria e Gabriela recebem você no Elas por Elas,  maior evento de empoderamento feminino do Brasil. 

13:00 - FEMINISMO NA REDE

Uma blogueira negra, uma plus size, uma feminista engajada. Digital influencers de diferentes clusters falam do empoderamento feminino por meio das redes sociais, do enfrentamento aos hatters e afins.

Palestrantes: Flávia Durante (jornalista), Jout Jout (youtuber), Nana Queiroz (escritora) e Stephanie Ribeiro (arquiteta).

Mediação: Alline Cury (Glamour)

14:00 - AQUI É PIOR - ESPORTE, CIÊNCIA, TECNOLOGIA E GAMES

Ciência ainda é coisa de homem? Tem que ser menino para ser respeitado no mundo dos games? E no do futebol, no do surf? Mulheres de diferentes clusters machistas falam sobre o que passaram – e ainda passam - para chegar ao topo.

Palestrantes: Adriana Melo (IPESQ), Gabriela Franco (Minas Nerds), Lygia da Veiga Pereira (USP), Maya Gabeira (surfista) e Nicolle Merhy (gamer)

Mediação: Cristine Kist (Galileu)

 

15:00 - A TAL SORORIDADE: COMO APOIAMOS UMAS ÀS OUTRAS?

Como fazemos valer a shine theory (nome dado ao movimento de mulheres que empodera mulheres) tanto no ambiente de trabalho quanto na vida pessoal? Quais são as redes de apoio entre mulheres?

Palestrantes: Deb Xavier (Jogo de Damas), Gal Barradas (BETC) e Samantha Alves (Compro de quem faz das minas)

Mediação: Marina Caruso (Marie Claire)

16:00 - Mesa especial Med-Rio: A SAÚDE DA MULHER MODERNA

Como vai a saúde das mulheres no Século 21? Com múltiplas jornadas – obrigações profissionais, com a família e os estudos –, elas estão mais expostas ao stress e consequentemente a problemas de saúde. É o que vêm mostrando estudos e indicadores. Os cuidados necessários e a importância da prevenção e do check-up feminino serão alguns dos temas tratados em palestra conduzida por especialista pioneiro nessa área no Brasil.

Palestrante: Gilberto Ururahy

Mediação: Flávia Junqueira (O Globo/Extra) 

16:45 - PESQUISA: A JORNADA PESSOAL E PROFISSIONAL DA NOVA GERAÇÃO DE EQUILIBRISTAS E COMO FALAR COM ELAS

O que querem, pensam e sentem as jovens mulheres, que estão passando de estudantes a estreantes no mercado de trabalho? Uma pesquisa para entender como as universitárias brasileiras estão guiando suas futuras escolhas e expectativas com relação à carreira e à vida pessoal.

Palestrante: Cecilia Russo Troiano (Troiano Branding) apresentada por Fernanda Delmas (O Globo)

 

17:30 - MÃES NO TRABALHO

Por que somos cobradas a trabalhar como se não tivéssemos filhos e a ser mães como se não trabalhássemos? Que políticas públicas e privadas podem ajudar a mudar o cenário atual, que beneficia só os homens? E como podemos nos sentir menos culpadas?

Palestrantes: Adriana Carvalho (ONU Mulheres), Cinthia Dalpino (Mãe @Work), Florência Fuks (Hospital Israelita Albert Einstein)

Mediação: Daniela Tófoli (Crescer)

18:30 - DO ZERO AO MILHÃO - EMPREENDEDORISMO FEMININO

É mais difícil empreender quando se é mulher? Quais são os maiores desafios e empecilhos para aquelas que querem ser donas do próprio negócio? Grandes empreendedoras do Brasil discutem o tema.

Palestrantes: Beatriz Cricci (BrGoods), Jane Muniz (Spa das Sobrancelhas), Sandra Soares Costa e Janete Vaz (Laboratório Sabin) e Zica Assis (Beleza Natural)

Mediação: Sandra Boccia (PEGN)

19:30 - GÊNERO E TRABALHO: HORA DE VIRAR A MESA

O que precisa acontecer para que as empresas abracem a causa da equiparação salarial? E para que 95% dos CEOs não sejam só homens? As maiores executivas do Brasil respondem a essa e outras perguntas e falam de suas trajetórias pessoais.

Palestrantes: Daniela Falcão (Edições Globo Condé Nast), Fiamma Zarife (Twitter), Claudia Colaferro (Dentsu Aegis), Paula Belizia (Microsoft), Hildete Pereira de Melo (Universidade Federal Fluminense), Ana Isabel (Shop2gether) e Rachel Maia (Pandora)

Mediação: Ruth de Aquino (Época)

 

 

PROGRAMAÇÃO - 01 DE ABRIL

11:00 - VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

Assédio sexual, violência doméstica ou estupro: a culpa nunca é da vítima. Mulheres que que sobreviveram a esses traumas falam sobre o tema com a ajuda de uma promotora pública que combate crimes de gênero e uma cineasta que acaba de lançar um documentário com depoimentos emocionantes das vítimas.

Palestrantes: Clara Averbuck (escritora), Luiza Brunet (empresária), Sandra Werneck (cineasta) e Silvia Chakian (promotora de justiça)

Mediação: Marina Caruso (Marie Claire)

12:00 - PRECONCEITO EM DOSE DUPLA: MULHERES E NEGRAS

As mulheres negras têm ainda mais dificuldades para entrar no mercado de trabalho, crescer dentro dele e assumir cargos de comando. Como podemos mudar esse cenário? Cotas ajudam ou atrapalham?

Palestrantes: Alexandra Loras (ex-consulesa da França em SP), Ministra Luislinda Dias de Valois, Nathalia Santos (do canal de youtube Como assim, cega?) e Taís Araujo (atriz)

Mediação: Flavia Oliveira (O Globo)

13:00 - AGELESS STYLE

Amigas há mais de 40 anos e sucesso na internet com seus diálogos bem-humorados, Costanza Pascolato e Marilu Beer falam da ascensão do ageless style e da onda de mulheres inspiradoras com mais de 60 anos despontando nas redes sociais.

Palestrantes: Costanza Pascolato (consultora de moda), Marilu Beer (artista plástica).

Mediação: Silvia Rogar (Vogue)

 

14:00 - QUESTÃO DE MODELO: DIVERSIDADE OU MARKETING? 

A indústria cosmética, e o mercado de luxo e as marcas de moda começaram a olhar para mulheres que fogem do padrão clássico de beleza. Inclusão ou marketing? Uma modelo albina, uma plus-size e uma com vitiligo debatem a questão. 

Palestrantes: Andreza Aguida (modelo), Eliane Medeiros (modelo) e Fabiana Saba (modelo)

Mediação: Renata Izaal (O Globo)

15:00 - AMAMENTAÇÃO EM PÚBLICO E NAS EMPRESAS

A sociedade não está preparada para a amamentação. Não há locais apropriados para ordenha nas empresas, a amamentação em público ainda é tabu, mulheres são julgadas se não conseguem amamentar (ou se amamentam por tempo demais)  e, como reação, as mães têm organizado cada vez mais mamaços.

Palestrantes:  Bela Gil (chef e apresentadora), Dra. Elsa Giugliani ( Universidade Federal do Rio Grande do Sul) e Simone de Carvalho (Unicamp)

Mediação: Daniela Tófoli (Crescer)

16:00 - DOS ANTICONCEPCIONAIS AO ABORTO. COMO ANDA A SAÚDE DAS MULHERES?

Mulheres em busca de direitos reprodutivos: por que elas estão abandonando a pílula e exigindo que os parceiros se responsabilizem pela contracepção? Como a proibição do aborto afeta a saúde das brasileiras? Médicos e pesquisadores discutem o tema e falam sobre a volta dos contraceptivos “antigos” e mais naturais..

Palestrantes: Carla Simone Castro (Coletivo Vítimas de anticoncepcionais), Carolina Ambrogini (Unifesp) e Ilka Teodoro (Artemis)

Mediação: Cristiane Segatto (Época)

 

17h00 - Mesa especial Secretaria de Políticas para Mulheres: QUAL O CAMINHO PARA CONSTRUIR A EQUIDADE DE GÊNERO

Como a sociedade civil e governos podem se juntar para potencializar as ações em direção a promoção da igualdade de gênero e do empoderamento das mulheres.

Palestrantes: Deputada Soraya Santos (Coordenadora da bancada feminina da Câmara dos Deputados), Fátima Lúcia Pelaes (Socióloga e Secretária de Políticas para as Mulheres - SPM/MDH) e Iêda Aparecida Patrício Novais (Presidente- Executiva da Rede de Mulheres Líderes pela Sustentabilidade)

Mediação: Fernanda Delmas (O Globo)

17h45 - TRANSFORMAÇÃO DE VALORES

Até que ponto temos que seguir as lógicas de uma sociedade que tipifica homens e mulheres? Algumas famílias já optam por criar seus filhos sem gênero (inclusive com nomes unissex), mas o preconceito com quem decide encarar uma transição ainda está longe de acabar. Especialistas e transexuais discutem a questão.

Palestrantes: Alexandra Vasconcelos (psicopedagoga), Carol Patrocinio (jornalista), Daniela Andrade (programadora), Desiree Cordeiro (psicóloga) e Letícia Lanz (psicanalista)

Mediação: Cristine Kist (Galileu)

18h30 - O PAPEL DA MULHER NA TV

Taís Araujo, Glória Maria, Cleo Pires e Maria Ribeiro discutirão o papel da TV na quebra de preconceitos e nas conquistas femininas no Brasil.